Av. João Girardelli, nº 500 - Centro | Telefone: (19) 3899-9120
ouvidoria@montealegredosul.sp.gov.br
  

Frida Kahlo: Formas e Kores em Monte Alegre do Sul

A casinha na Rua Capitão José Inácio, nº 330, no centro de Monte Alegre do Sul, ganhou o tom vibrante de azul com detalhes em vermelho. Não apenas as cores se assemelham à casa de Frida Kahlo, transformada em museu na Cidade do México. Ao adentrar a casa, é possível ver a pintora mexicana homenageada nas mais diversas expressões artísticas. É a exposição “Frida Kahlo: Formas e Kores”, aberta à visitação de 02 a 04 de novembro, em Monte Alegre do Sul. A entrada é gratuita.

Na sexta-feira (02/11), às 15h, a Casa Azul abre para visitação. No sábado (03), as atividades começam às 9h30, na Câmara Municipal de Monte Alegre do Sul (Praça Coronel João Ferraz, nº 45, Centro) onde haverá a palestra “Superação e Exemplo de Vida, de Mari Alexandre, homenagem à professora Maria Silva Valente Teixeira e exposição de quadros com o tema Frida Kahlo. Na Casa Azul, assim como no domingo (04), a abertura para visitação será às 11h.

A curadoria é de Valter Polletini e Sidnei Cirilo de Sá. São mais de 200 itens, entre pinturas, artes gráficas, cerâmica, bordados e outros materiais. As obras vieram de vários estados, como Rio Grande do Norte, Goiás e Rio de Janeiro; e também de vários países, como Portugal, Espanha e México. Entre os destaques da exposição, estão trabalhos dos artistas Naïfs brasileiros Willi de Carvalho, Clélia Lemos, Helena Vasconcelos, Nonato; e dos artistas contemporâneos Lili Detoni, Ray Alves, Elson Sposito, Ari Vicentini, Odila Freire e Domingos Mazzilli. Na exposição, também haverá itens comprados na loja do Museu Frida Kahlo, que um dia foi o quintal onde viveram Frida e Diego Rivera.

A relação do curador Sidnei Cirilo de Sá com Frida começou há quase dez anos. “Passava por uma fase terrível de minha vida quando li uma matéria de revista sobre a vida e obra da Frida Kahlo. Me atentei ao seu exemplo de perseverança, força e superação. Sua história de vida artística me impressionou e as obras com temas ecléticos, as cores e a cultura retratada me envolveram”, comenta Sidnei.

A Casa Azul

Da mesma forma que o trabalho de Frida é capaz de transformar a vida de uma pessoa, a paz e a tranquilidade de Monte Alegre do Sul dão refúgio para que busca paz interior. Cada cantinho dessa estância turística tem histórias de vida, superação e, como não poderia deixar de ser, de muita arte. Daí, surgiu a ideia de fazer uma exposição não em uma galeria ou em um salão, mas na “Casa Azul de Monte Alegre do Sul”.

Sidnei explica que a ideia de abrir a Casa Azul para visitação é fazer as pessoas verem que uma casa comum, com sofá, mesa de jantar e tanque de lavar roupas pode se transformar em uma “galeria de arte”. “Quando visitei a Casa Azul do México, foi uma paixão imediata ao ver a singularidade das coisas. Ali nasceu o desejo de um dia ter meu espaço azul. Agora tenho oportunidade de compartilhar a coleção e essa paixão por esse ícone da arte e cultura mexicana chamada Frida Kahlo”, conclui o curador.

Programação: Exposição “Frida Kahlo: Formas e Kores

02/11 - Sexta-feira

15h: Abertura para visitação
Local: Casa Azul (Rua Capitão José Inácio, nº 330, Centro)
Entrada: gratuita

03/11 - Sábado

9h30: Palestra “Superação e Exemplo de Vida, de Mari Alexandre, homenagem à professora Maria Silva Valente Teixeira, exposição de quadros com o tema Frida Kahlo
Local: Câmara Municipal de Monte Alegre do Sul (Praça Coronel João Ferraz, nº 45, Centro)
Entrada: gratuita

11h: Abertura para visitação
Local: Casa Azul (Rua Capitão José Inácio, nº 330, Centro)
Entrada: gratuita

04/11 - Domingo

11h: Abertura para visitação
Local: Casa Azul (Rua Capitão José Inácio, nº 330, Centro)
Entrada: gratuita

Fotos

MODIFICADO: 28/10/2018 16:31
(19) 3899-9120

Av. João Girardelli, nº 500 - Centro / CEP: 13910-000

Desenvolvido por DIGITATOS